O povo Karipuna pede socorro

O povo Karipuna pede socorro

Um monitoramento recente feito pelo povo Karipuna, Greenpeace Brasil e pelo Conselho Indigenista Missionário (CIMI) na terra indígena Karipuna, em Rondônia, identificou uma nova frente de desmatamento na região. Os dados são do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), projeto do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Além de dificultar o combate à crise climática, madeireiros e grileiros colocam em risco a sobrevivência do povo Karipuna.

O levantamento mostrou que, nos últimos doze meses, o desmatamento ilegal na região chegou a 850 hectares dentro da Terra Indígena, um aumento de 44% em relação ao período anterior. Os dados mostram, também, que foram encontradas áreas com mais de 100 hectares devastados,  resultados de grilagem de terras.

Comentários
Comments are closed
Translate »