Inauguração do Instituto Matheus Moraes, em 26.03.2008-Brasília

Inauguração do Instituto Matheus Moraes, em 26.03.2008-Brasília

Brasília – Em cerimônia que contou com a presença de autoridades governamentais, empresários, jornalistas e representantes do Terceiro Setor, foi inaugurada na noite desta terça-feira (26-03), no Edifício Assis Chateaubriand, no centro de Brasília, a sede do Instituto Matheus Moraes, idealizado pelo jornalista e empresário Roberto Kuppê. 
O objetivo do IMM é desenvolver ações sociais fundamentadas em parcerias com instituições nacionais e internacionais e os governos federal, estaduais e municipais, como por exemplo, a elaboração e execução de projetos que atendam as pessoas mais necessitadas do país. O IMM terá sede em Brasília, mas atuará em vários estados, além de Rondônia e o Distrito Federal. 

Em seu discurso, Roberto Kuppê destacou que a inauguração do Instituto “é a realização de um sonho que só foi possível por uma Dádiva de Deus em minha vida”. Ele disse ainda que a criação do IMM tem um significado especial em sua vida, “pois sei que preciso fazer desta instituição uma ferramenta de promoção do bem estar social e do pleno exercício da caridade divina aos nossos irmãos pobres, miseráveis e desvalidos de toda ordem”. Segundo Kuppê, esse é o compromisso espiritual que ele tem “com o nosso Mestre, Jesus Cristo, uma preocupação sincera de lutar por mudanças sociais, pela construção de uma sociedade mais justa e fraterna”. 
O jornalista Roberto Kuppê ressaltou ainda em seu discurso que este sonho de implantar um instituto para desenvolver ações sociais, ele acalenta há muitos anos e até chegou a pensar que não poderia realizá-lo. “Nos últimos meses que antecederam o dia da Sorte Grande, eu estava particularmente desesperado. Não naquele desespero dos pobres e miseráveis, mas desesperado em meus sonhos de um dia ajudar pessoas a mudarem seus destinos, porque eu jamais realizaria. Só um milagre. E o milagre aconteceu e hoje estou aqui inaugurando não um prédio, não amontoado de salas bem decoradas e cheias de computadores modernos, mas um projeto de vida, um projeto de futuro para crianças, adolescentes, adultos e idosos deste Brasil”. 

O presidente do Instituto Matheus Moraes concluiu seu discurso afirmando que os desafios e as decisões que devem ser tomadas são difíceis, às vezes incompreendidas à princípio, mas no final, a coerência e a clareza sempre dão bons resultados. “Se quisermos viver num país próspero, temos que começar, desde já, a trabalhar por um projeto de renovação da educação brasileira. O dia em que um menino na escola aprender a ser homem com base moral, segundo a Lei do Criador, e a ser cidadão segundo a Lei do Homem, ele será instruído pelo estudo e moralizado pelo trabalho, pois a verdadeira escola é aquela que ensina moralizando e moraliza ensinando”, afirmou Kuppê. 

Durante a cerimônia de inauguração do Instituto Matheus Moraes a banda Sedna, patrocinada pelo jornalista Roberto Kupê, apresentou quatro músicas de compositores brasileiros que falam sobre solidariedade e a questão social . Houve ainda assinaturas de convênios e parcerias entre o IMM e instituições do Terceiro Setor de outros estados. 

A cerimônia contou com a presença dos mais conhecidos jornalistas sociais de Brasília (que apresentam programas de televisão na cidade): Gilberto Amaral e Bernadete Alves. 

Autor: Lima Rodrigues | Fonte: Extra Rondonia

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *







Translate »